Conheça a História da General Motors a Maior Montadora de Automóveis do Mundo

Tempo de leitura: 12 minutos

A GM ou General Motors Corporation, possui sua sede em Detroit, localizada nos Estados Unidos da América; considerada uma Multinacional, ou seja, atuante em vários Países e tem como atividade principal, a fabricação de automóveis. É a maior montadora de automóveis do mundo. Com um número de funcionários em torno de 252.000.

Fabricante de carros e caminhões a General Motors possui outras marcas em seu núcleo, que são: Buick marca americana e atuante na América do Norte, Taiwan, China e Israel; Cadillac outra marca estadunidense e fundada por Henry M. Leland, sua especialização são os veículos de luxo; Chevrolet fundada em 1911, por Louis Chevrolet; Pontiac essa desativada em 2010; GMC fabricante de caminhões e vans e camionetas também.

E não pára por aí, mais marcas são atuantes em seu portfólio, Daewoo, sul coreana; Holden australiana; Hummer que tem o seu direito de marketing, pertencente a GM; Opel com sede na Alemanha e que foi vendida à Peugeot; Saturn uma marca alternativa da General Motors; e Vauxhall inglesa, que detém poder de 50,7, sob a marca da GM Daewoo e de 34% da Wulling; e com a Isuzu, Lada e Saab que foi vendida para Koenigsegg e aqui termina o nome de todas as empresas parceiras da GM.

Podemos ver por que a General Motors foi considerada líder de vendas em 77 anos consecutivos e em 34 países e sua comercialização se dá em 140 Países. Neste artigo traremos um pouco da história da GM, continue lendo, pois nele falaremos mais sobre:

História da GM

Começam as Inovações Técnicas e de Design

A Fase Difícil da GM

O Que é a GMAC

Outras Extinções da GM

A GM no Brasil

Qual Foi o Carro Mais Vendido no Mundo Pertencente à GMB

História da GM

Fundada em 1908, por William ´´Billy“. Durant, norte-americano, que no ano seguinte compra mais de vinte marcas e algumas citamos acima, detentoras em seu núcleo. Nesse mesmo ano a empresa era proprietária da Buick e no ano seguinte adquire as marcas Cadillac, Pontiac e Chevrolet; onde se totaliza mais de 30 empresas e isso se dá até 1930.

Em 1923, Alfred Sloan Jr. Assumi a Presidência do grupo, que nessa época era responsável por 10% de toda comercialização americana, que culmina no ano de 1956 a empresa já sendo a maior montadora de automóveis do Mundo.

Voltamos até a década de 20, onde a General Motors, compra uma empresa americana e que ficou muito famosa por fabricar os populares carros amarelos, os chamados Yellow Coach e até 1930 a GM se expande para a Europa e na Alemanha, sofre acusações de ter fabricado caminhões que tiveram uma importante ajuda na frota militar nazista na Segunda Guerra Mundial. Mas os seus negócios terminam quando os Estados Unidos entram em guerra contra a Alemanha.

Em 1941, ainda durante a guerra, quase todas as suas fábricas são para a construção de material bélico e com o fim da Guerra, sua produção de carros cresce consideravelmente, com modelos novos e das diferentes marcas em seu grupo, conseguindo também muitas inovações em sua frota.

Começam as Inovações Técnicas e de Design

Isso acontece na década de 70, é lançado um programa, com visão para uma remodelação em todos os seus produtos, os tornando mais econômicos, mais leves e menores, os seus carros ficam mais confortáveis. Em 1984 faz uma associação com a japonesa Toyota.

Em 1996, a GM é a primeira montadora a produzir um carro elétrico, o EV1 e em junho de 2006 faz uma aliança com a Renault- Nissan, a primeira é uma fabricante francesa que produzia desde automóveis pequenos e médios, vans e ônibus e até caminhões e a segunda citada é uma multinacional japonesa e também fabricante de automóveis.

A Fase Difícil da GM

Pontiac para General Motors

Uma crise acontece no ano de 2008 e que se dá com a falência de um tradicional banco de investimento o Lehman Brothers, que foi fundado em 1850 e que em um efeito dominó, outras instituições quebram também, a empresa então recorre à ajuda do governo americano e recebe 13,4 bilhões de dólares, em empréstimos.

A crise segue até o ano de 2009; e em 20 de fevereiro, a divisão Saab, entra com um pedido de concordata, no tribunal da Suécia; tudo para se ter uma reorganização financeira e o evite de uma falência; já que houve um fracasso no pedido de empréstimo ao governo sueco. Encerra-se nesse ano a marca Pontiac e a conclusão do processo de descontinuação acontece no ano de 2010.

Ainda até o fim de 2009, outras marcas do grupo teriam os seus destinos traçados, são elas; Hummer, Saturn e Saab, seriam vendidas ou descontinuadas. Boatos de que os próprios executivos consideravam utilizar da lei de falências americanas e que foram desmentidos; levaram as ações da empresa em negociata, por valores mais baixos em 6 de março do corrente ano.

Em abril e ainda no ano de 2009, a empresa recebe 15, 4 bilhões de dólares em empréstimos do Departamento de Tesouro dos Estados Unidos, que é um conselho de ministros, reunindo outros membros do governo, que tem a presidência do chefe de Estado ou do governo, conforme sua organização política ou administrativa em vigor. Nesse caso é o gabinete que administra o Tesouro Público dos EUA.

Programa TARP

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, criado em 1789 mediante a acta de fundação pelo Congresso do EUA, fica dentro desse programa, que é o Principal componente de um pacote de medidas feito pelo governo americano, ainda dentro da crise de 2008 e 2009, visando o seu combate e se destinava a promover a compra de ações e de várias instituições financeiras para um fortalecimento no setor automobilístico.

Mais Sobre a Crise

Também chamada de Crise do Subprime, tem o seu início em 24 de julho de 2007 e com a queda do Índice Dow Jones, que é calculado e baseado na cotação de 30 das maiores e mais importantes empresas dos Estados Unidos e sua motivação se dá pela concessão de empréstimos de alto risco, essa prática arrastou vários bancos em uma situação de insolvência, que é onde um estado com o seu devedor têm suas prestações que devem ser cumpridas com superiores rendimentos ao que recebe e se o insolvente, que pode ser uma pessoa ou empresa não consegue cumprir seus pagamentos, pode ao final do processo ser declarada falida ou em recuperação.

O Que é a GMAC

A GMAC que é o braço financeiro da GM e pertencente também ao fundo de investimentos da Cerberus Capital Management; controladora da marca Chrysler, é uma organização que presta serviços de finanças em várias divisões no mundo e com 49% de controle da General Motors; recebeu empréstimos de cinco bilhões de dólares adicionais para aumentar a sua participação nos fundos da GMAC. No Canadá a empresa é 100% controlada por ela própria, recebe a garantia de 3 bilhões de dólares canadenses de seu governo e da província de Ontário.

Outras Extinções da GM

Problemas financeiros e esforços de reestruturação na empresa, ainda rondam no mês de abril de 2009. Outras extinções são anunciadas e se estendem até o ano de 2010; entre elas a da marca Pontiac a concentração se dá em quatro marcas existentes na América do Norte que seriam a Chevrolet, a Buick, a GMC e a Cadillac. Foi anunciado a venda de marcas como a Hummer, Saab e a Saturn; isso ainda em 2009 e nos anos anteriores a Oldsmobile foi descontinuada pela GM.

Pedido de Proteção Contra Falência

Ainda em 2009 e no mês de junho, é encaminhado um pedido de proteção contra a falência, baseado no Código de Falências dos Estados Unidos e que permitiria uma reorganização de empresas, foi apresentado nessa ocasião, um plano para ressurgimento de uma GM menor e com menos dívidas e isso se daria em poucos meses.

Seu Plano de Reestruturação

Esse plano de reestruturação é apresentado a corte de Manhattan, que consistia na divisão da organização em duas; uma velha GM, que ficaria com dívidas e ativos de risco e a nova GM, muito menor, porém menos endividada que a atual.

Quais Valores Foram Especificados

Nessa transação de pedido a corte para uma reestruturação; os valores dos ativos ficou em US$ 82,29 bilhões e das dívidas em US$ 172, 81 bilhões da organização; podemos considerar que a quebra da GM, é a quarta maior na história do EUA, isso depois da ocorrida pelo banco de investimentos Lehman Brothers.

A GM no Brasil

Corsa para General Motros

É a maior subsidiária, que é uma espécie de subdivisão de uma empresa que fica encarregada pelas tarefas específicas em seu ramo de atividade, no caso é a indústria automobilística, dentro da América do Sul e fora dos Estados Unidos é a segunda maior em operação. Na legislação de sociedades brasileira, existe a figura da ´´ Subsidiária integral“, que é uma empresa sob o controle em ações exclusivamente de uma companhia brasileira.

Ano da Fundação

Foi fundada em 1925, aqui no Brasil e sua operação se dava em casas alugadas, localizadas no bairro Ipiranga em São Paulo. O primeiro ônibus com carroceria fabricada no Brasil foi lançado pela General Motors em 1932. Em 2015 completou 90 anos de instalação em nosso País. No Brasil sua sigla é GMB, uma alusão a General Motors do Brasil. Em seus primeiros dias de criação ela apenas montava os carros com suas partes importadas dos Estados Unidos.

História da Primeira Fábrica em Nosso País

Depois de cinco anos, a General Motors do Brasil abre sua fábrica oficialmente, no ano de 1930, em São Caetano do Sul, localizado em São Paulo. No ano de 1958, uma segunda fábrica é aberta em São José dos Campos; também em São Paulo e sua inauguração é oficializada em 1959, pelo então Presidente Juscelino Kubitschek.

A Expansão de Sua Linha de Produção no Brasil

Em 1968, ela decide expandir sua linha de produtos e para isso a General Motors do Brasil, lança o primeiro carro da marca Chevrolet, atingindo vendas superiores a 1 milhão de unidades, com o carro Opala. Em 24 anos de vida em seu ciclo de fabricação em série.

Outro sucesso de venda é o Chevette; também da marca da Chevrolet inicialmente introduzido como um sedam de duas portas e depois veio na versão de quatro portas, lançado em 1973; suas vendas são superadas nas casas do 1,2 milhões de unidades, sua substituição veio posteriormente pelo Corsa em 1994; é também considerado o primeiro veículo com injeção eletrônica de combustível, um marco para essa época.

O Complexo Industrial de Gravataí

Lançado em julho de 2000, e localizado no Rio Grande do Sul; nesse complexo, existe uma das fábricas mais modernas do mundo, sua linha de produção fica por conta do Celta; recebe a visita de especialistas em fabricação de veículos de todo o mundo, curiosos em saber como é o sistema do modelo de montagem. Feito em parceria com vários fornecedores, instalados dentro do Complexo industrial.

Qual Foi o Carro Mais Vendido no Mundo Pertencente à GMB

O Celta foi o carro mais vendido no mundo, através da internet, hoje são vendidos também toda a linha Sonic; que é um modelo compacto nas versões hatch 5 portas e sedam 4 portas; Spin, uma minivan, lançada em 2012 e Montana, uma pickup compacta; fabricada para os países emergentes ou subdesenvolvidos, é vendida na América Latina e na África do Sul e Europa.

As Exportações da General Motors do Brasil

Em 2005, a empresa em nosso País, vende um total de 365.259 carros e sua participação no mercado brasileiro chegam a 21,3%. Quando se fala na produção de veículos, utilitários esportivos, comerciais e leves sua participação ainda é maior e chega a 22, 6%. Sua produção total chegou a 559,345 unidades e aí entram os veículos prontos para as exportações .

Em 2005, acontece um novo recorde nas exportações da General Motors, o valor atingido é de US$ 1,6 bilhão; onde são embarcadas 114, 994 unidades em CKD, que são os conjuntos das partes dos automóveis, utilizados para uma posterior montagem em países que irão receber e 125, 678 veículos prontos para 40 países ao redor do mundo. A maioria de seus carros são fabricados e capazes de funcionar na versão flex, utilizando os combustíveis gasolina e etanol.

Principais Mercados Exportadores

O principal mercado exportador foi o México e em seguida vem Argentina, Venezuela e outros países latino-americanos. A GM é líder no mercado e no ano de 2015 foi a empresa que se tornou a maior vendedora de automóveis para o seguimento do varejo.

Referências para General Motors

Este texto foi produzido pela G. Produções.

Imagens Pixabay e Wikimedia Commons

Comments

comments